Sexta, 24 de Novembro de 2017

MP sobre bebidas alcoólicas enfrenta fila na Câmara

27 MAR 2008Por 18h:20
     

 

O início da discussão da Medida Provisória 415, que proíbe a venda de bebidas alcoólicas em rodovias federais, corre o risco de atrasar em pelo menos 30 dias, devido a excesso de matérias que trancam a pauta de votação na Câmara dos Deputados.

A matéria deveria ter sido votada até segunda-feira (24), quando terminou o prazo constitucional de 45 dias para que MPs sejam apreciadas pelo Congresso. Por enquanto, 14 medidas provisórias estão trancando a pauta na Câmara, nove delas à frente da MP 415.

O deputado federal Waldemir Moka (PMDB) acredita que a Casa fará alguns ajustes em pontos polêmicos da MP, a fim de evitar prejuízo ao comércio situado em municípios cortados por rodovias. Ele defende a proibição da venda de bebidas alcoólicas nas BRs, mas sugere mudanças quanto ao agente a ser responsabilizado pela infração.

Leia Também