Domingo, 19 de Novembro de 2017

MP acusa 5 vereadores de corrupção

29 ABR 2008Por 21h:13
     

        Maria Matheus

 

Cinco dos nove vereadores de Miranda foram acusados pelo Ministério Público Estadual (MPE) de firmarem um acordo que inclui recebimento de propina e contratação de parentes. O promotor de Justiça Nicolau Bacarji Júnior ingressou com uma ação civil pública no dia 18 de abril na 2ª Vara Cível de Miranda contra João Vieira (PR), atual presidente da Câmara Municipal, Lenis Gonçalves de Matos, Valdir Dias Olanda (PR), José Francisco de Lima (PP) - conhecido como Zé Mirancar - e Jorge João de Moura (sem partido). Moura está com os direitos políticos suspensos e cumpre pena por prática de crime eleitoral.

 

No ano passado, foi feita uma busca na casa de Vieira, durante investigações a respeito de desmatamento ilegal realizado no Assentamento Bandeirantes. Na ocasião, foi encontrado um documento escrito pelo vereador Jorge Moura e assinado pelos outros quatro acusados, em que eles combinam a eleição da Mesa Diretora para o biênio 2007-2008, o recebimento de R$ 1 mil por fora e a contratação pela Câmara dos irmãos dos vereadores Vieira e Olanda, caso eles fossem demitidos pela prefeitura.

Leia Também