Terça, 21 de Novembro de 2017

Motorista não respeita barreira e mata fiscal da Receita do paraguai

8 AGO 2010Por 08h:45
     

Um fiscal da Receita Federal do Paraguai foi morto depois de ser atropelado por um veículo que não respeitou a barreira montada na rodovia Ruta V, na linha de fronteira com o Brasil. Eles inspecionava um caminhão no momento que foi colhido e morto de forma de instantânea no asfalto.

Conforme as informações da Polícia Nacional, Hipólito Coronel, de 51 anos, trabalhava na madrugada de sexta-feira na rodovia que interliga a fronteira a Assunção, quando por volta das 2h30min. ele parou para fiscalização uma carreta Scania. No momento que solicitava as notas da carga ao motorista, o condutor de um veículo Corsa não obedeceu a sinalização e avançou a barreira provocando o atropelamento.

Coronel foi arremessado violentamente no asfalto e morreu instantaneamente. Ele trabalhava no posto de controle da Aduana paraguaia em Pedro Juan Caballero, na divisa com Ponta Porã. O acusado do atropelamento conseguiu fugir. Ontem a Polícia Nacional solicitou aos moradores da região para que colabore com as autoridades no sentido de esclarecer o caso.

 

Leia Também