Quarta, 22 de Novembro de 2017

Mortes por gripe suína aumentam na Argentina

2 JUL 2009Por 08h:00
     

         

         

Mais 17 pessoas morreram na Argentina por Influenza A (H1N1), segundo informou o país. Com esses casos, o total de óbitos passa para, pelo menos, 43. A Argentina é o país mais atingido pelo vírus A (H1N1) no Hemisfério Sul. De acordo com o ministro da Saúde, Juan Manzur, "entre 43 e 44 mortes" ligadas ao vírus foram confirmadas.

A Argentina ultrapassou o Canadá e é o país com o terceiro maior número de mortes por gripe suína, depois dos Estados Unidos com 127 óbitos registrados e o México, onde a epidemia foi descoberta pela primeira vez neste ano, com 116 mortes.

        Com informações da Agência Estado

Leia Também