Domingo, 19 de Novembro de 2017

Morte de sul-africano no RJ é apurada

3 DEZ 2008Por 14h:30
     

 


                

De acordo com o epidemiologista da Fundação Oswaldo Cruz, José Cerbino Neto, o sul-africano William Charles, que morreu ontem (2) no Rio de febre hemorrágica provocada por um vírus desconhecido, passou por uma cirurgia ortopédica há 15 dias no mesmo hospital em Johannesburgo, na África do Sul, onde quatro pessoas morreram infectadas por arenavírus. José Cerbino afirmou que um paciente vindo de Zâmbia teria morrido neste hospital e contaminado profissionais de saúde, dos quais apenas uma enfermeira está viva. O resultado dos exames preliminares de William sai em três ou quatro dias, mas o epidemiologista já descartou a possibilidade de uma epidemia.


Com informações da Folha Online
                

Leia Também