Quinta, 23 de Novembro de 2017

Morte de menina em micro-ondas foi acidental, conclui polícia

1 OUT 2009Por 20h:00
     

        O Instituto Geral de Perícias (IGP) de Santa Catarina divulgou, nesta quinta-feira (1º), o laudo da morte da menina achada morta em um micro-ondas em São José (SC), em 13 de setembro. O documento indica que houve acidente e que a criança morreu por asfixia por confinamento. O delegado pretende encerrar o inquérito policial e entregá-lo à Justiça na próxima semana. Cabral informou que não vai indiciar os pais da criança.

        Ele informou ainda que psicólogos do IGP entrevistaram as crianças que estavam com a vítima no dia da morte. "A análise psicológica deixou claro que as outras crianças não sabiam o que tinha acontecido e que tudo ocorreu por conta de um acidente mesmo", disse Cabral.

        Com informações do site G1

Leia Também