Terça, 21 de Novembro de 2017

Morre Zelda Rubinstein, de “Poltergeist”

29 JAN 2010Por 01h:27
Morreu na última terçafeira (27), aos 76 anos, em um hospital de Los Angeles, a atriz Zelda Rubinstein, famosa por seu papel como médium no filme “Poltergeist – o fenômeno” (1982). Com apenas 1,30m de altura e uma voz peculiar, Rubinstein deu vida em três ocasiões a Tangina Barrons na trilogia “Poltergeist”, história escrita e produzida por Steven Spielberg, na qual a atriz entrou na pele de uma vidente que enfrentava forças demoníacas. Fora os filmes da série, sua carreira cinematográfica teve pouca repercussão. Rubinstein atuou em títulos como “Gatinhas e gatões” (1984) ou, mais recentemente, “Southland tales: o fim do mundo” (2006). Na televisão, a atriz fez parte do elenco da série “Picket fences”, ganhadora dos prêmios Emmy de melhor série de drama em 1993 e 1994, e foi narradora dos documentários “The scariest places on Earth”. Rubinstein nasceu em 28 de maio de 1933 em Pittsburgh, nos Estados Unidos. Ela era a mais nova de três irmãos e a única pessoa em sua família com problemas de crescimento. Fora do mundo do showbiz, Rubinstein participou de campanhas contra a aids, doença que matou amigos seus. A atriz tinha sido hospitalizada há dois meses após sofrer um leve ataque cardíaco. “Ela t i n ha frequentes problemas de saúde e, infelizmente, eles a levaram”, comentou seu empresário, Eric Stevens.

Leia Também