Quinta, 23 de Novembro de 2017

Moradora de Nova Alvorada foi beneficiada

29 JUN 2010Por 08h:00
Sheila Santos Coelho tem 29 anos e nunca havia engravidado. Nascida na Bahia, ela  mudou-se para Mato Grosso do Sul há cerca de três anos. Desde então mora com o marido, Márcio Mariano, na zona rural de Nova Alvorada do Sul. Os dois vieram para o Estado estudar no Instituto Missionário Sheainah, onde se preparam para o trabalho com missões de evangelização em regiões carentes do País e do mundo.

No final de 2008, Sheila foi diagnosticada com três miomas que causavam dores intensas e sangramentos. “Consultei-me com um médico em Campo Grande, e ele disse que meu útero estava bastante inflamado, que não haveria tratamento além da histerectomia”, lembra. Entretanto, como não tinha filhos, ela foi em busca de outra opinião.

“Viajei para São Paulo e lá fiquei sabendo do programa do dr. Néstor Kisilevzky. Vi que tinha perfil para me inscrever e entrei na lista de espera. Em fevereiro do ano passado, fiz a cirurgia no Hospital do Mandaqui com a equipe médica do doutor”, conta. Segundo Sheila, o procedimento foi rápido, assim como a recuperação. Em São Paulo, ela ficou hospedada na casa de familiares, mas logo retornou para o instituto em Mato Grosso do Sul.

Cerca de oito meses depois, Sheila e Márcio tiveram a boa notícia de que ela esperava uma menina. A gravidez correu sem problemas maiores e no último dia 19 de junho, em Nova Alvorada do Sul, a criança nasceu. Atualmente, Sheila recupera-se do parto em repouso absoluto. (TA)

Leia Também