Sexta, 24 de Novembro de 2017

Mistério envolve morte de adolescente na Capital

26 ABR 2010Por 22h:14
Michelle Rossi e flávio paes

Mistério cerca a morte de uma jovem de 17 anos, Jéssika Lima, encontrada em sua casa na madrugada de ontem, sem nenhum sinal de violência física. Ao lado do corpo, segundo a polícia, foi encontrada pequena quantidade de substância “análoga” à cocaína. Jéssika morava no Bairro Cidade Morena, em companhia do pai.
Só daqui a 10 dias, quando o Instituto Médico Odontológico Legal apresentar o laudo toxicológico, é que todas estas suspeitas serão ou não confirmadas. A partir deste laudo é que a polícia vai determinar também qual o grau de envolvimento do namorado de Jéssika, Adriano da Costa Silva, 25 anos, que está desaparecido. Ontem ele não compareceu à delegacia para dar sua versão sobre o que aconteceu e até o início da noite ainda não tinha ido ao velório.
Por enquanto ele não é tratado pela polícia como suspeito, já que não há prova técnica de que tenha havido um homicídio. “Há versões contraditórias, de quem estava na casa de Jéssika quando a Polícia foi chamada para atender o caso. Uns disseram que o namorado a deixou em casa, o que se precisa esclarecer é se foi antes ou depois dela passar mal e falecer”, explica, Marília de Britto, da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac).

Carro do namorado
Pouco tempo depois de a polícia ter ido à casa da estudante e a ter encontrado morta, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) localizou, por volta das duas da madrugada, um veículo Saveiro, abandonado na BR 262, próximo a Terenos.
No carro, o registro de nascimento de Jéssika e documentos de Adriano. No último dia 16, ele foi preso, depois de tentar fugir do cerco policial com esse veículo, sob acusação de estelionato.
Durante a tentativa de fuga, Adriano jogou para fora do carro uma bolsa com vários papéis, entre eles documentos falsos e verdadeiros em nome da adolescente, além de talões de cheques de diversos bancos e cartões de crédito de Jéssika. Depois de indiciado, o rapaz acabou sendo posto em liberdade.

Leia Também