Segunda, 20 de Novembro de 2017

Ministro da Pesca participa de lançamento da MS Peixe em Dourados

17 JUN 2010Por 06h:29
Cícero Faria, de Dourados
Carlos Henrique Braga, da redação

O lançamento oficial das obras do frigorífico de pescados da MS Peixe Cooperativa de Aquicultura de Dourados ocorrerá amanhã no auditório da prefeitura, com a presença do ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin, que estará em Dourados e Itaporã cumprindo agenda.
Dourados abriga 35% dos produtores de pescado de Mato Grosso do Sul, segundo escritório regional do Ministério da Pesca. A maioria da produção é familiar. Atualmente com produção de mil toneladas por ano, a cidade atende somente à demanda regional. Com o frigorífico, o município terá condições técnicas e sanitárias para produzir peixe de qualidade e abrir as exportações.

Segundo o secretário de Agricultura, Indústria e Comércio, Maurício Peralta, com o frigorífico, com capacidade total de processar cinco toneladas por dia, a produção de pescado na  região da Grande Dourados será ampliada. A indústria, que iniciará abatendo em torno de 2,5 mil quilos, terá o  Serviço de Inspeção Federal (SIF), e atenderá aos cooperados e piscicultores independentes fazendo o abate e esviceração dos peixes.

Hoje, existem dois entrepostos de processamento de pescado em MS: a multinacional suíça Mar & Terra, em Itaporã, e a Cooperativa de Piscicultores de Mundo Novo (Coopisc). Segundo o escritório do ministério, a abertura do frigorífico em Dourados possibilita processamento da produção de piscicultores de pequeno porte que dedicam-se à produção de pacu e tambacu, o que não é viável na unidade da Mar & Terra.

O frigorífico da MS Peixe é custeado pelo Ministério da Pesca e Aquicultura; a Prefeitura de Dourados cedeu em comodato, uma área de 3,5 hectares, localizada no trevo das BRs-163 e 376, próxima do acesso a Fátima do Sul. O término da obra está previsto para oito meses. A estrutura vai possibilitar a realização de todo o processamento do peixe que sairá do frigorífico pronto para a comercialização.

Antes da solenidade, o ministro encontrará o prefeito Ari Artuzi para deliberar sobre projetos do setor da piscicultura. Às 10h, o ministro participa de reunião na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) com representantes do Território da Cidadania.

Leia Também