Quarta, 22 de Novembro de 2017

Menina morre em acidente na Capital

5 ABR 2010Por 22h:17
ANAHI ZURUTUZA

Uma adolescente, de 17 anos, morreu na manhã de ontem em colisão de uma picape com um caminhão de entrega de bebidas. O acidente aconteceu no cruzamento das ruas Casemiro de Abreu e Clovis Bavilacqua, no Jardim São Bento – bairro da região central de Campo Grande –, por volta das 12h.
A garota não estava usando cinto de segurança e foi atirada para fora da Fiat Strada, placas HSE-5849, pela janela do passageiro. Ela morreu no local do acidente, momentos depois da colisão. O namorado da menina, Rodrigo Ferreira, de 19 anos, sofreu ferimentos leves, mas teve de receber atedimento de médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), pois estava em estado de choque.

Ao que tudo indica, o casal transitava pela Casemiro de Abreu, quando foi atingido pelo caminhão, placas HSX-7683, da empresa Bebi Festa. No trecho, a Rua Clovis Bevilacqua é preferencial e, segundo testemunhas, o condutor da Fiat Strada não teria respeitado a sinalização.

Moradores das proximidades do cruzamento onde aconteceu o acidente disseram, ainda, que a garota – que é menor de idade e, portanto, não possui habilitação para dirigir – estaria conduzindo a picape, porém, bombeiros não confirmaram essa versão. A perícia e policiais da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) estiveram no local, mas não deram informações preliminares sobre as circunstâncias do acidente.

O casal acabara de sair da casa de familiares, localizada próximo ao local do acidente, onde acontecia um almoço de Páscoa. Logo após a colisão, parentes e amigos da adolescente e de Ferreira chegaram ao local. Segundo informaram parentes ao Corpo de Bombeiros, os dois procuravam uma conveniência abertas no bairro para comprar produtos que havia  faltado para o almoço.

Outra ocorrência
Por volta das 13h de ontem, uma pessoa ficou ferida após capotar com o carro na Avenida Afonso Pena, em frente ao Parque das Nações Indígenas. Conforme informações do Corpo de Bombeiros, E.A.S, 27 anos, teve traumatismo craniano leve, e foi levado consciente para Santa Casa de Campo Grande.

Leia Também