Quinta, 23 de Novembro de 2017

Melhores escolas serão premiadas

4 FEV 2010Por 23h:04
Uma das novidades este ano do carnaval de Corumbá é o prêmio Esplendor do Samba, uma iniciativa da Liesco (Liga Independente das Escolas de Samba) e do Diário Corumbaense, que visa homenagear os sambistas e as escolas que brilham na passarela da Avenida General Rondon. O objetivo é destacar o talento e a arte daqueles que criam, preservam e renovam as tradições do maior carnaval do Estado, influenciado pela forte ligação de Corumbá com o Rio de Janeiro – relação ainda evidenciada hoje, mas com muito mais ênfase no passado com a chegada da Marinha. Como ocorre com o Estandarte de Ouro, prêmio do jornal carioca “O Globo” criado em 1972, a escolha dos destaques do carnaval de rua da cidade será feita por jornalistas e radialistas e um convidados é o Correio do Estado. A apuração ocorrerá no dia 16, às 15h, no local dos desfiles. Serão julgadas nove categorias no Grupo A das escolas de samba: comissão de frente, samba-enredo, mestre-sala, porta-bandeira, enredo, intérprete de samba-enredo, ala das baianas, bateria e escola de samba. No Grupo B, neste primeiro ano, será escolhida apenas a melhor escola. “O prêmio será um incentivo às agremiações, além de mostrar que estamos caminhando positivamente para engrandecer ainda mais o nosso carnaval”, disse o presidente da Liesco, Zezinho Martinez. “O prêmio vai qualificar ainda mais as escolas. Quem não vai querer ser o esplendor do samba?” Tuiuiú estilizado Participarão do corpo de jurados profissionais de jornais, emissoras de TV e rádio e sites de eventos já definidos pela comissão organizadora por indicação dos órgãos de imprensa. A premiação dos ganhadores está prevista para o dia 19, no Centro de Convenções do Pantanal O Esplendor de Ouro será uma placa dourada, inspirada no Estandarte de Ouro, com detalhes regionalizados à cultura pantaneira – o tuiuiú, símbolo o Pantanal, estilizado, com arabescos e os ladrinhos hidráulicos cobrindo as bordas. A criação é do designer Ricardo Albertoni, do Diário Corumbaense. (SA)

Leia Também