Sábado, 18 de Novembro de 2017

Marun diz-se honrado, mas prefere a reeleição

23 MAR 2010Por 08h:12
O deputado estadua l licenciado e secretário de Estado de Habitação, Carlos Marun, afirmou ontem ter ficado honrado por ser lembrado pelo vice-governador Murilo Zauith (DEM) para ser suplente ao Senado, mas deixou claro que não pretende abrir mão de seu projeto de disputar a reeleição para a Assembleia Legislativa em outubro. “Considero importante a candidatura do Murilo e fico honrado com a lembrança”, afirmou Marun. “Acredito na possibilidade de nós fazermos dois senadores, o Murilo e o Moka”, afirmou. “Mas penso que vai ser encontrado outro companheiro para compor a chapa com ele, de forma a não ser necessário que eu venha a abandonar meu projeto, que é o de concorrer à reeleição”, emendou, por telefone, o secretário que participava ontem, no Rio de Janeiro (RJ), do Fórum Urbano Mundial 5, promovido pelo Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos, aberto com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Outras fontes que acompanharam a visita do governador André Puccinelli, no último sábado, a Dourados, informaram que Murilo pediu a ele para indicar ou Marun ou o secretário de Obras, Edson Giroto, e pré-candidato a deputado federal, para sua suplência. Conforme as fontes, o governador teria dito a Murilo Zauith que pretende ver os dois disputando as eleições deste ano para testar a densidade eleitoral de um futuro candidato à Prefeitura de Campo Grande.

Leia Também