Domingo, 19 de Novembro de 2017

Marcelinho Paraíba condenado a seis meses de detenção

29 JAN 2010Por CAMPINA GRANDE, PARAÍBA07h:49
O jogador Marcelo dos Santos, mais conhecido como Marcelinho Paraíba, foi condenado a seis meses de detenção, em regime aberto, pelo crime de lesão corporal contra o técnico em radiologia Jackson Azevedo. O crime ocorreu em uma casa noturna de Campina Grande, em junho de 2005. Cabe recurso. A sentença foi proferida em 15 de janeiro e publicada quatro dias depois, de acordo com Daniel Dalônio, advogado da vítima. No texto da sentença, Marcelinho Paraíba deveria cumprir a pena de detenção, em regime aberto, na Penitenciária de Campina Grande. Por ser réu primário, o juiz concedeu o benefício de suspensão condicional da pena pelo prazo de dois anos. Desta maneira, de acordo com a sentença, Marcelinho Paraíba fica proibido de ingerir bebidas alcoólicas em público, de frequentar bares e estabelecimentos congêneres e portar instrumento ofensivo. Ele ainda terá de se recolher em sua casa até as 21h, salvo estudar ou trabalhar. De acordo com o advogado Afonso Vilar, que representa Marcelinho Paraíba, a pena não será cumprida. “O jogador não vai cumprir pena alguma. A pena está prescrita. Vou encaminhar uma petição ao juiz para reconhecer a prescrição da pena e declarar a extinção da punibilidade de meu cliente”.

Leia Também