Quarta, 22 de Novembro de 2017

Mantega prevê crescimento de 5,2% no PIB

22 JAN 2010Por 08h:16
O ministro Guido Mantega (Fazenda) revelou ontem que o governo trabalha com uma projeção de 5,2% para o crescimento da economia brasileira neste ano. Para o ano passado, a Fazenda considera um incremento do PIB (Produto Interno Bruto) de somente 0,1%. Os números constam de apresentação feita ontem em reunião ministerial na Granja do Torto, em Brasília. O material mostra ainda que o governo prevê uma taxa de crescimento em torno de 5% ao ano até 2014. Em dezembro passado, o ministro Mantega já havia afirmado que o país cresceria “em torno de 5%” neste ano. O mercado estima um crescimento de 5,08% da economia neste ano, conforme consta na última edição do boletim Focus, elaborado pelo Banco Central a partir das projeções de uma centena de instituições financeiras. Para este ano, a Fazenda considera que a demanda interna deve crescer 7,3%, enquanto estima uma contração em torno de 21% para a demanda externa. O consumo das famílias deve ter um aumento de 6,1%, enquanto a taxa de investimento (Formação Bruta de Capital Fixo) pode crescer 16,1%. Ainda de acordo com as projeções da Fazenda, a produção industrial terá um incremento de 7,1%. No tocante ao mercado de trabalho, o Ministério trabalha com a estimativa de 1,6 milhão de empregos criados em 2010 (já consideradas as vagas fechadas). Se concretizado, seria a maior geração de postos de trabalho desde 2007, quando o país gerou 1,617 milhão de postos novos. Ainda sobre emprego, em um ano eleitoral, a Fazenda estima uma elevação de 6% da massa salarial em 2010, repetindo o desempenho verificado em 2008.

Leia Também