Domingo, 19 de Novembro de 2017

Lula vem a MS com Dilma e André adia viagem à Rússia

10 FEV 2010Por MARCO EUSÉBIO22h:42
Ao confirmar a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da pré-candidata à sucessão presidencial, ministra- chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à cidade de Três Lagoas, no dia 19 deste mês, o governador André Puccinelli (PMDB) decidiu ontem cancelar a viagem que faria à Europa no período do dia 12 ao dia 23. “Adiamos a viagem para receber o presidente”, anunciou o vice-governador Murilo Zauith (DEM), depois de se reunir com o governador na tarde de ontem. A comitiva presidencial não virá a Campo Grande, conforme planejava o prefeito Nelsinho Trad (PMDB). Ao confirmar com a assessoria do Planalto a visita de Lula e Dilma ao Estado, o gabinete do prefeito foi informado de que o presidente não poderá vir à Capital por falta de tempo na agenda. A intenção seria inaugurar total ou parcialmente a obra do Imbirussu-Serradinho, que está sendo feito com R$ 40 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e outros R$ 43 milhões do Fonplata, cujo projeto está 83% executado. Pela manhã, havia sido lido na sessão da Assembleia Legislativa o pedido de autorização para Puccinelli e Zauith ausentarem-se do País. A comitiva estadual seria integrada por 16 pessoas dos setores público e privado e visitaria Roma (Itália) e Moscou e Saint Petersburg (Rússia), visando a fortalecer as relações institucionais e comerciais. Na ausência do governador e do vice, quem assumiria o governo seria o deputado Jerson Domingos (PMDB), presidente do Legislativo estadual. Em Três Lagoas, Lula e Dilma visitarão a fábrica de celulose Fibria – incorporação das empresas Aracruz Celulose e Votorantim Celulose e Papel (VCP) – instalada no município em março de 2009. A empresa, que é a maior fábrica do gênero da América Latina, começou a funcionar em abril do ano passado; na ocasião Lula não pôde participar. Conforme a prefeita Simone Tebet (PMDB), desde o início da ordem de serviço era prevista a visita do presidente para a inauguração. Isso acabou não acontecendo, segundo ela, em decorrência de atrasos na agenda pela Votorantin. Convite a Lula No dia 18 deste mês, um dia antes da visita de Lula ao Estado, uma comitiva de Mato Grosso do Sul estará no Palácio do Planalto para convidar o presidente da República a participar da cerimônia de abertura da 72ª Exposição Agropecuária de Campo Grande (Expogrande) que será realizada pela Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul) no período de 18 a 28 de março. Integrarão a comitiva o presidente da Acrissul, Francisco Maia, o prefeito Nelsinho Trad, o suplente de senador Antônio João Hugo Rodrigues (PTB) e o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT). Outros integrantes da bancada federal do Estado também devem fazer parte do grupo.

Leia Também