Sábado, 18 de Novembro de 2017

Lula pode participar de comício de Orcírio em Campo Grande

21 JUL 2010Por 20h:47
lidiane kober

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) poderá participar dia 24 de agosto de comício do pré-candidato do PT à sucessão estadual, José Orcírio dos Santos, em Campo Grande. Na data, a principal estrela petista pretende estar na Capital para inaugurar obras de urbanização do Córrego Cabaça, patrocinadas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal. (detalhes na página 9A)

Hoje, Orcírio estará em Brasília para apresentar a proposta de “casar” a agenda oficial de Lula com a política. “Vou conversar com o presidente, porque não tem como deixar de aproveitar a presença de uma figura importante como o Lula no Estado”, frisou. O plano do petista é conferir a agenda completa do presidente para analisar a possibilidade de marcar um ato político na Capital. “Se ele (Lula) vier à tarde, podemos marcar um comício à noite”, comentou.

No dia do lançamento da candidatura de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República, Orcírio esteve na residência oficial do presidente e observou dele o interesse de vir a Mato Grosso do Sul pedir votos em seu favor. “Ele (Lula) ficou de visitar o Estado em agosto”, contou, na época. O plano inicial era passar por Campo Grande, Dourados e Três Lagoas.
No entanto, ontem, por telefone, Orcírio foi bastante cauteloso ao ser indagado sobre a visita do presidente a Campo Grande no dia 24 de agosto. Ele se empenhará para realizar um comício com Lula, porém se apressou em destacar a necessidade de confirmar com o presidente a participação no evento.

O temor do petista, conforme o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT), gira na possibilidade de a agenda de Lula não permitir a realização de um ato político na Capital. Neste caso, o PT estaria preocupado com a chance de os adversários usarem a incompatibilidade de agenda para espalhar uma suposta falta de interesse de Lula na campanha de Orcírio. Por isso, o petista vai hoje a Brasília para saber todos os detalhes da agenda do presidente no Estado.

Conforme o secretário municipal de Governo, Rodrigo Aquino, na semana passada, sua equipe atendeu uma ligação telefônica do Planalto. O contato ocorreu para saber detalhes do andamento das obras do PAC em Campo Grande. “Inicialmente, o presidente queria vir para visitar as obras, mas, considerando o adiantado das ações, ele decidiu vir em agosto para inaugurar a obra no parque linear do Cabaça”, contou. Aquino fez questão de ressaltar que está pré-agendado a visita, no entanto, devido a instabilidade da agenda do presidente, informou que a data ainda pode ser alterada.  

Leia Também