Domingo, 19 de Novembro de 2017

Lula diz que está “mudo” após críticas de Ciro Gomes

24 ABR 2010Por 06h:27
Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sinalizou ontem que não pretende rebater as críticas e ataques de seu agora, aparentemente, ex-aliado, Ciro Gomes (PSB). Ao chegar para a posse de Cezar Peluso na presidência do STF (Supremo Tribunal Federal), Lula foi chamado pelos jornalistas, que pediam uma entrevista depois do evento. E respondeu: “Tô mudo!”

Com seu silêncio, o presidente pretende não agravar as relações com o futuro-ex-pré-candidato do PSB à Presidência, o explosivo Ciro Gomes, cuja desistência só aguarda formalização na próxima terça. Em entrevista, o cearense disse que Lula “navega na maionese”.

As reclamações de Ciro dizem respeito diretamente à postura de Lula perante a campanha presidencial: “ele está se sentindo o todo-poderoso e acha que vai batizar Dilma presidente da República. Pior: ninguém chega para ele e diz ‘presidente, tenha calma’. No primeiro mandato eu cumpria esse papel de conselheiro, a Dilma, que é uma pessoa valorosa, fazia isso, o Márcio Thomaz Bastos fazia isso. Agora ninguém faz”, afirmou.

O temor do comando da campanha de Dilma é que Ciro aceite o cortejo de tucanos amigos, como Tasso Jereissati, e engrosse o bombardeio contra Lula e a candidatura petista. O presidente não pretende rebatê-lo e espera que o comando do PSB consiga acalmar Ciro.

Leia Também