Sexta, 24 de Novembro de 2017

Loester garante que será candidato à direção do PDT

21 JAN 2010Por MARIA MATHEUS05h:48
O vereador Loester Nunes (PDT) vai disputar a presidência do Diretório Regional do PDT contra o grupo do deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT). Loester ficou irritado porque Dagoberto e João Leite Schimidt defenderam os nomes um do outro para comandar a sigla. Para Loester, ambos são “indigestos”. “Esses dois nomes são indigestos para comandar o partido, tanto o Schimidt como Dagoberto. Porque foram interventores, antidemocráticos e os nomes deles passaram a ser intragáveis”, atacou Loester. “Nenhum dos dois é dono do partido para um indicar o outro. Dá impressão que o PDT não tem nomes. Eles têm o Franklin Masrhua que poderia ser candidato”, afirmou. Loester desconfia que Dagoberto e Schimidt possam fazer a eleição para o diretório regional “na surdina, como fizeram para o diretório da Capital”, o qual presidia. Ele acusa o grupo do deputado federal de alterar, na última hora, a chapa montada em consenso. “Ele fez tudo covardemente escondido, traiçoeiramente, e agora espero que o diretório tenha dignidade de abrir com antecedência os prazos para que possamos registrar chapa”, comentou. “Sei que é difícil vencer, mas não abro mão de ser candidato”, frisou. Loester quer tentar “reeguer o partido”, que considera destruído após a crise que afastou três de seus quatro deputados estaduais no ano passado, Ary Rigo e Onevan de Matos, que migraram para o PSDB, e Coronel Ivan, que ingressou no PRTB.

Leia Também