Domingo, 19 de Novembro de 2017

Linhões deslocados para área de pecuária

12 JUL 2010Por 21h:05
Uma boa notícia divulgada durante a festa da colheita do Algodão dos Chapadões foi dada pelo prefeito de Chapadão do Sul, Jocelito Krug, assegurando que, com o apoio da bancada sul-mato-grossense no Congresso, em especial pela atuação do senador Walter Pereira (PMDB), foi conseguida a mudança de local de instalação da subestação e consequentemente a alteração no traçado dos linhões de energia que iriam prejudicar, em muito, a atividade agrícola no município de Chapadão do Sul.
Segundo o prefeito Jocelito Krug, inicialmente a substação de energia elétrica seria instalada em área de aproximadamente sete hectares, hoje ocupada por lavouras, a seis quilômetros do centro da cidade. Ela receberia os sete linhões procedentes de vários pontos.
“Agora, depois do excelente trabalho feito pelos políticos, e aqui quero destacar também o apoio do sindicato rural de Chapadão do Sul entre outros representantes da nossa comunidade, além da imprensa, está definido que a subestação de energia vai ser instalada a mais de 30 quilômetros do ponto anterior, já dentro do município de Cassilândia, em uma região onde é desenvolvida a pecuária extensiva e que, por isso, não representará prejuízos da forma como causaria nas áreas de lavoura”, explicou o prefeito. Segundo ele, os linhões vão conduzir a energia produzida pelas usinas PCHs e por usinas de álcool da região.
O senador Walter Pereira ao se pronunciar na solenidade em Chapadão do Sul frisou que, pela primeira vez uma empresa do setor elétrico foi obrigada a alterar um projeto da envergadura desse da região nordeste do Estado, envolvendo uma subestação e linhões para transporte de energia. “Mas desta feita, o produtor rural foi respeitado. O que também vem demonstrar que o agronegócio, responsável por quase 1/3 do PIB brasileiro, agora começa a ter sua força reconhecida”.

Leia Também