Segunda, 20 de Novembro de 2017

Limpe a sujeira do bichinho usando o bom e velho hipoclorito de sódio

7 MAR 2010Por 07h:35
Quero ter um bicho de estimação, mas... quem vai limpar tanta sujeira? E como? Ter cão em apartamento – ou em uma casa sem quintal – é um desafio. O incômodo pode ser grande. Já existem produtos eficientes para acabar com o odor e eliminar os perigos de transmissão de doenças, mas boa parte dos problemas podem ser resolvidos com a água sanitária. “O bom e velho hipoclorito de sódio, que é encontrado na maioria dos alvejantes, elimina a maioria das bactérias e vírus que pode causar doenças nos animais e em seres humanos, como a leptospirose”, explica o professor Antônio Carlos Paes, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp Botucatu. Ele alerta que é preciso prudência ao utilizar produtos para desinfetar o ambiente. “Muitos deles, principalmente que têm cheiro forte, são nocivos aos animais. O ideal é que a proporção de alvejante em diluição na água não ultrapasse de 5%, ou seja, 50 ml por litro”. No caso dos cães, existem dois problemas: a demarcação do território pelo macho e o cio da fêmea. Para Ana Paula Amaral, de 36 anos, a demarcação de território é um problema. Ela tem um beagle ciumento, que insiste em determinar a área onde ele “manda”. “O Lancelot normalmente faz xixi e defeca fora de casa, mas é só vir algum amigo meu no apartamento que ele apronta: demarcando o local onde alguém passou com xixi, principalmente se for homem. Eu descobri que existem sprays antiodor que são bem eficientes para tirar o cheiro. No caso dos machos, se você não remover o odor eles vivem fazendo xixi no mesmo lugar”, explica. Para o cio das fêmeas, a castração é uma excelente opção, já que traz benefícios às cadelas. Os gatos têm a vantagem de serem mais cuidadosos com a sujeira. Normalmente, uma caixa de areia apropriada para os dejetos é o suficiente. Para deixar tudo limpo, basta trocar a areia e lavar o recipiente. Segu ndo o professor Paes, no mercado existem bons produtos desenvolvidos especialmente para uso veterinário que podem acabar com o malcheiro sem agredir o animal. Creolina, cloro e outros produtos fortes devem ser abolidos. Para acabar com os pelos soltos, o ideal é uma boa alimentação, escovar o bicho diariamente e utilizar o aspirador de pó.

Leia Também