Sábado, 18 de Novembro de 2017

Juros triplicam valor do carro financiado

25 ABR 2010Por 06h:30
Ao comprar carro financiado, o consumidor pode pagar por três, ao final do contrato. Juros praticados por bancos e financeiras, que variam em torno de 2%, têm chegado a 6,23%, segundo o Banco Central. Quanto mais longo o prazo de pagamento, maior a taxa. Em 60 meses, por exemplo, o automóvel pode ficar 373,8% mais caro, dependendo do agente financeiro. Insatisfeitos, consumidores procuram a Justiça para revisar taxas e valores abusivos.

Contratos podem esconder, em letras miúdas, cobranças proibidas como taxa de emissão de boletos e abertura de cadastro. Pedidos de revisional, em termos jurídicos, não anulam o contrato, mas podem trazer economia para quem foi lesado na hora da compra. Segundo advogados, os preços sobem ainda mais nas revendas porque são cobrados juros sobre juros, prática ilegal no Brasil.

Leia Também