Sábado, 18 de Novembro de 2017

Jovem pode ter sido assassinado a tiros em acerto de contas

1 MAR 2010Por 04h:48
Autoridades policiais de Dourados investigam mais um assassinato com características de “acerto de contas”. Desta vez a vítima é Antônio Januário da Silva Neto, 18 anos, conhecido como “Nenê”. Pelas informações de vizinhos e familiares, o jovem vinha recebendo ameaças e, dias atrás, teve sua residência alvejada por disparos de arma de fogo. O crime foi registrado na noite de sábado, no Jardim Jóquei Clube, quando a vítima estava em frente de sua residência. Duas pessoas, que ocupavam um veículo teriam parado na frente da casa e atirado contra o rapaz. Algumas testemunhas afirmam que a dupla estaria de moto e outras afirmam que estava de bicicleta. O fato é que minutos antes a polícia confirmou que a vítima foi vista conversando com uma dupla de moto. Januário Neto foi atingido por três dos disparos e morreu no local. A polícia procura agora os autores do crime, tentando localizar os dois ocupantes da motocicleta e ainda a pessoa identificada apenas como “Sovaco de Cobra” que, segundo a família, é o principal suspeito. A vítima trabalhava como auxiliar de mecânica e já havia sido presa por assalto e posse ilegal de arma. Fogo Outro fato que está sob investigação em Dourados é o incêndio de um veículo na Vila Industrial. A suspeita é de que seja um ato de vandalismo. O carro, a Parati, placas HRC-2912, estava na calçada, em frente de uma borracharia, havia dias, para ser vendida. Na madrugada de ontem, vizinhos acordaram com o incêndio. Os bombeiros foram chamados, mas não conseguiram conter as chamas a tempo de evitar a destruição.

Leia Também