Quinta, 23 de Novembro de 2017

Jovem morreu há um mês ao ser atingida por veículo que participava de disputa

31 JUL 2010Por 16h:44
anahi zurutuza e Silvia Tada

Mayana de Almeida Duarte, 23 anos, morreu no dia 25 de junho deste ano, dez dias depois que sofreu acidente na Avenida Afonso Pena com a  Rua José Antônio, em Campo Grande. A jovem conduzia um veículo Celta que foi atingido por um Vectra, conduzido pelo estudante Anderson de Souza Moreno, 19 anos. A suspeita é de que ele participava de um “racha” com um Uno, conduzido pelo vendedor Willian Jhonny de Souza Ferreira, 25 anos.
O pai da jovem, Marco Aurélio Duarte, aguarda a conclusão das investigações conduzidas pela 1ª Delegacia de Polícia. Para ele, não é surpresa a informação de que pessoas apostam corridas na principal avenida da cidade. “Isso não pode continuar. É uma coisa muito perigosa”, alertou.
Os carros envolvidos no acidente de Mayana supostamente participavam de uma disputa e seguiam no sentido shopping-centro, quando o Vectra colidiu com a porta do motorista do Celta, ferindo gravemente a jovem.
Com o impacto, os dois carros pararam no canteiro central da Afonso Pena, próximo ao Obelisco. O Celta parou a 45 metros do local da batida e o Vectra a 25. Os veículos destruíram um banco de concreto que fica no canteiro e diversas marcas de frenagem ficaram no asfalto. Testemunhas afirmam que Anderson trafegava em alta velocidade.

Leia Também