Sexta, 17 de Novembro de 2017

Iveco com novos extrapesados

26 MAR 2010Por 05h:44
Brigar no segmento dos caminhões extrapesados com marcas tradicionais não é tarefa fácil. Mas a Iveco conquistou avanços significativos nesta disputa. Desde 2007, quando se reposicionou no mercado e investiu R$ 80 milhões no Centro de Desenvolvimento de Sete Lagoas, Minas Gerais, a montadora vem mostrando serviço. Caso dos dois novos modelos repaginados de sua linha Stralis, os caminhões 410NR e 460NR, antigos 380 cv e 420 cv respectivamente. Ambos aparecem com motores retrabalhados, com mais tecnologia e destaques como o novo sistema de troca de marchas, do qual faz parte a transmissão ZF. E ainda o sistema de embreagem Heavy Duty, mais macio, com esforço de acionamento de 8 kg, metade do exigido normalmente por um caminhão normal. A nova linha Stralis NR também recebeu outras melhorias no conjunto mecânico, como o freio a motor que promete uma potência de frenagem 20% maior. Além disso, o caminhão passa a oferecer um sistema de telemetria produzido no Brasil chamado Frota Fácil, que permite o monitoramento do caminhão através de GPS e revela o desempenho do motorista, com o registro de suas paradas, horas dirigidas, velocidade média etc. Também são acessíveis dados como temperatura do óleo, consumo médio de combustível, rotação do motor, entre outros que podem facilitar o gerenciamento do veículo. Sob o capô, os extrapesados da Iveco vêm equipados com o já conhecido Cursor 13, de seis cilindros e 13 litros, que foi redesenhado e prometendo mais eficiência com consumo de combustível 5% menor. Com isso, o 460NR é capaz de desenvolver 460 cv com torque máximo de 229,4 kgfm entre 1.100 e 1.400 rpm, 20% a mais do que na versão anterior. Por sua vez, o 410NR desenvolve 415 cv e tem torque de 204 kgfm entre 1 mil e 1.400 rpm, aumento de 10% e 12% respectivamente. A versão de entrada de 380 cv foi mantida e agora é chamada de 380NR, com torque máximo de 183,5 kgfm entre 1.000 e 1.400 rpm. Após testes que somaram mais de 2 milhões de km rodados e investimentos na casa dos R$ 30 milhões, a Iveco, marca pertencente à Fiat, desenvolveu novos sistemas que prometem, ainda, maior vida útil de seus motores e outros componentes. Parte das melhorias apresentadas deve- se a uma ação da Iveco, que forneceu a 50 de seus clientes habituais os Stralis NR para serem testados e avaliados. A partir dos dados e sugestões obtidos, os modelos foram refeitos pela montadora. Com três modelos, oito versões e 60 configurações, a linha Stralis NR tem preços que variam entre R$ 280 mil e R$ 390 mil, do “basicão” até o topo de linha, e podem atender a aplicações rodoviárias como cegonheiro, tanque de aço inox, baú carga geral, entre outros. Ainda há opcionais, como o “intarder” – para a maior potência de freio motor –, tanque de alumínio de 900 litros, freios ABS, defletores de ar, aerofólios especiais, geladeira etc. Segundo a Iveco, a previsão é de que sejam comercializadas em 2010 entre 4 mil e 4,5 mil unidades do Stralis NR.

Leia Também