Quinta, 23 de Novembro de 2017

Investimentos previstos somam R$ 540 bi

8 AGO 2010Por 09h:16
Os investimentos em infraestrutura previstos para o País entre 2010 e 2013 chegarão a R$ 540 bilhões. O valor dos projetos para energia elétrica, petróleo e gás, portos, telefonia, estradas e ferrovias superarão em 50% os R$ 360 bilhões investidos nos quatro anos anteriores à crise (2005-2008). Pouco mais da metade (50,7%) virá de investimentos em petróleo e gás. Impulsionados pelas reservas do pré-sal, os aportes nessa área deverão somar cerca de R$ 340 bilhões até 2013. Entre 2005 e 2008, os investimentos somaram 160 bilhões.
Os dados são do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que fez um mapeamento dos investimentos públicos e privados. Foram computados projetos ainda não lançados, mas que o banco consegue identificar, por sua proximidade com os investidores. Embora seja classificado como indústria pelo BNDES, o setor de petróleo e gás é considerado de infraestrutura pelo mercado.
Na área de energia elétrica, o banco projeta investimentos de R$ 92 bilhões no quadriênio. Com grandes obras, os investimentos na área vão significar aumento de 35% em relação aos R$ 68 bilhões do período entre 2005 e 2008. Embora a previsão de crescimento dos recursos para telecomunicações nos próximos quatro anos seja praticamente de estabilidade (0,8%), o setor manterá forte influência no conjunto de investimentos estruturantes. Entre 2010 e 2013, deve responder por R$ 67 bilhões.

Leia Também