Sexta, 17 de Novembro de 2017

Investidores de longo prazo serão premiados

18 AGO 2010Por 06h:37
São Paulo

A BM&FBovespa lançará em setembro um programa de bonificações para quem mantiver investimentos em ação por longo período, anunciou ontem o presidente da instituição, Edemir Pinto.
Segundo ele, o programa funcionará de forma semelhante aos cartões de milhagem das companhias aéreas. De acordo com o tempo que permanecer com ações em custódia, o investidor acumulará pontos que serão trocados por prêmios a cada semestre e trimestre, explicou.
“A ideia é incentivar o investimento de longo prazo. Serão distribuídos prêmios em dinheiro, computadores, viagens. Não é sorteio. Basta juntar os pontos”.
Mais detalhes sobre o funcionamento do programa ainda serão divulgados pela BM&FBovespa até setembro.
O anúncio foi feito durante o lançamento oficial da campanha publicitária “Quer ser sócio?”, cujo o garoto propaganda é o jogador de futebol Pelé.
As duas iniciativas fazem parte da estratégia da BM&FBovespa para elevar o número de investidores pessoas físicas em ação do patamar atual de cerca de 600 mil para 5 milhões no final de 2014.
A campanha busca comparar o desempenho de uma empresa com o de Pelé ao longo da carreira, mostrando que ações brasileiras têm forte potencial de ganho, mas apresentam riscos.
O filme publicitário simula então o desempenho das “ações” da “empresa Pelé”, que sobem quando ele conquista títulos e recuam quando ele tem uma contusão.
As peças publicitárias começam a ser divulgadas em setembro, inicialmente apenas em Curitiba, Belo Horizonte e Campinas, em TVs, rádios, cinemas e jornais. Gradualmente, a campanha será ampliada para todo o Brasil, primeiro por meio dos canais de TV paga.

Leia Também