Quarta, 22 de Novembro de 2017

Inglês garante vaga na final

29 JAN 2010Por 07h:52
Andy Murray confirmou seu status de favorito sobre o croata Marin Cilic e assegurou ontem seu lugar na final do Australian Open. Depois de um primeiro set hesitante, o britânico, atual número 4 do mundo, encontrou seu melhor tênis e saiu de quadra com a vitória por 3 sets a 1. As parciais do jogo foram de 3/6, 6/4, 6/4 e 6/2, em 3h02m. Com o resultado, Murray alcança sua segunda final de Grand Slam. A primeira foi em 2008, no US Open, e o britânico foi superado por Roger Federer. Em Melbourne, Murray pode reencontrar o suíço, já que o número 1 do mundo fará, na manhã de hoje, a outra semifinal, contra o francês Jo-Wilfried Tsonga (10). Atual número 4 do mundo, Murray já garantiu que ultrapassará Rafael Nadal e ganhará pelo menos uma posição no próximo ranking divulgado pela ATP. Caso levante o troféu na Austrália, o escocês saltará para número 2, deixando Novak Djokovic para trás. O sérvio, atual número 3 da lista, foi eliminado nas quartas, mas somou pontos suficientes para ultrapassar Nadal. No fem i n i no a nor te - a mer ica n a S er e n a Willians e a belga Justine Henin decidirão o título. A americana chegou à final ao vencer a chinesa Na Li por 2 a 0, com parciais de 7-6(7-4) e 7-6(7-1). Henin também venceu uma chienesa, Zheng, em 2 sets, com parciais de 6-1 e 6-0. A belga disputa seu primeiro Grand Slam desde que voltou às quadras e entrou no Aberto da Austrália como convidada, pois não tem ranking.

Leia Também