Sexta, 24 de Novembro de 2017

ELEIÇÕES 2010

Índio da Costa é o escolhido do DEM como vice de Serra

1 JUL 2010Por 07h:55
BRASÍLIA

O deputado federal Indio da Costa (DEM-RJ), 39 anos, é o novo vice da chapa de José Serra (PSDB) à Presidência da República. O acordo foi feito anteontem à noite pelas lideranças dos partidos da coligação e confirmado em convenção nacional do DEM ontem em Brasília. A intenção era indicar para a vaga alguém que fosse um nome novo e que agregasse votos ao tucano.
O presidente Nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra, disse que o deputado foi escolhido porque é um parlamentar jovem, circula bem na militância jovem do Democratas e é do Rio de Janeiro, região onde o PSDB não vai bem nas pesquisas de intenção de voto.
Entre os pontos para a sua escolha está o fato de ele ter sido o relator do projeto Ficha Limpa. Também foi levado em conta ele ser do Rio de Janeiro, terceiro maior colégio eleitoral do País, e ser jovem. A indicação é uma vitória pessoal do ex-prefeito do Rio Cesar Maia e do presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ). Costa já foi secretário de administração do Rio no governo Cesar Maia.
Indio da Costa foi escolhido depois da reação do DEM contra a indicação do senador Alvaro Dias (PSDB-PR) para o posto. Dias afirmou, ontem, que não conhece Indio. “Acabo de receber a notícia. Não conheço esse deputado”, limitou-se a dizer o senador. Na semana passada, Alvaro Dias foi escolhido para ser o candidato a vice, o que gerou uma crise entre DEM e PSDB. Por conta disso, os tucanos reviram sua posição e resolveram indicar Indio da Costa para o posto.
O presidente do PPS, Roberto Freire, elogiou a escolha de Indio e saiu em defesa do deputado ao ser questionado sobre sua falta de experiência. “Ele tem mais experiência do que Dilma (Rousseff, candidata do PT à Presidência).”
Questionado sobre o recuo tucano acerca do nome de Alvaro Dias, Freire afirmou que seria inexplicável ter um candidato cujo irmão, Osmar Dias, (PDT-PR) é lançado candidato ao governo por uma campanha contrária a de José Serra. “É algo que não podia se dar sustentação. Ele próprio (Alvaro) entendia isso. Alvaro Dias não saiu por veto, saiu por uma circunstância do Paraná que, se não tivesse havido, muito provavelmente a candidatura se consolidaria”.
Os adversários também comentaram, ontem, a escolha de Indio. O presidente do PT, José Eduardo Dutra, ironizou no Twitter o nome do candidato a vice. “Pelo menos, agora ninguém mais poderá dizer que a campanha do Serra só tem cacique.”
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sinalizou desconhecer Indio da Costa. Após participar de uma cerimônia de formandos em Medicina do ProUni, ontem, em Brasília, Lula foi questionado sobre o anúncio da chapa DEM-PSDB, mas ainda não sabia quem formaria a dupla com o candidato tucano. “Quem é?”, perguntou o presidente. Ao ouvir que o escolhido foi Indio da Costa, Lula indagou novamente: “mas de onde ele é?”. Assim que teve a resposta de que o vice é do Rio de Janeiro, Lula deixou o local sem comentar o assunto.
Indio da Costa disse ontem, que também ficou surpreso com a indicação. “É com muito orgulho que eu aceito essa tarefa em nome do DEM. Confesso que foi uma surpresa. Foi uma surpresa para vocês e foi uma surpresa para mim também”, disse.

Biografia
Antônio Pedro de Siqueira Indio da Costa tem 39 anos e é formado em Direito pela Universidade Cândido Mendes. Ele foi eleito vereador no Rio de Janeiro por três legislaturas de 1997 a 2005. Além do DEM, ele teve uma passagem pelo PTB. Na Câmara deste 2006, o deputado é membro da Comissão de Constituição e Justiça, da Comissão de Defesa do Consumidor e da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática.

Leia Também