Domingo, 19 de Novembro de 2017

Indígena estrangulada em aldeia

23 ABR 2010Por 07h:28
EDILSON JOSÉ ALVES, PONTA PORÃ

A indígena Alzira Batista, de 39 anos, foi vítima de assassinato, por estrangulamento. O crime foi registrado na noite de quarta-feira, na Aldeia Taquapery, no município de Coronel Sapucaia, região de fronteira com o Paraguai. O marido dela Rubens Recalde, 42 anos, é apontado como o autor do homicídio.
Conforme as informações policiais, testemunhas informaram que Rubens chegou embriagado na noite de quarta-feira em sua casa e logo iniciou uma discussão com a esposa Alzira. Com os ânimos acirrados ele segurou e começou a pressionar o pescoço da mulher, interrompendo o fluxo de oxigênio para o cérebro provocando a sua morte. Em seguida ele tentou fugir, mas foi contido pelos moradores da aldeia que acionaram imediatamente a Polícia Militar. O indígena foi detido e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Coronel Sapucaia onde foi autuado em flagrante e, posteriormente, transferido para uma cela do Estabelecimento Penal de Amambai.

Leia Também