Quinta, 23 de Novembro de 2017

POPULAÇÃO

IBGE agendará visita para morador que não respondeu ao censo

16 SET 2010Por 13h:10

DANIELLA ARRUDA

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lança no fim deste mês campanha com duração de 15 dias para avisar as pessoas que ainda não foram entrevistadas pelos recenseadores do Censo 2010 a entrar em contato com o órgão, para agendar visita ao domicílio. Até ontem, faltando 45 dias para encerrar o prazo de coleta de dados, Mato Grosso do Sul havia recenseado 76% de sua população, o que corresponde a 1.787.515 pessoas. Em Campo Grande, 76% da população estimada foi recenseada, o equivalente a 575.386 pessoas em 181.875 domicílios.
Na Capital, 441 recenseadores e 77 supervisores trabalham para completar até 31 de outubro os trabalhos de coleta em um total de 1.063 setores, distribuídos em quatro grandes áreas da cidade — Anhanduizinho; Bandeira, centro e área rural; Prosa e Segredo e Imbirussu e Lagoa. Até ontem, 52% dos setores já haviam sido concluídos, conforme informações repassadas pela coordenação de comunicação social da superintendência regional do IBGE no Estado.
Neste censo, há ainda a opção de responder ao questionário pela internet. Porém essa possibilidade só é válida após a visita do recenseador, que fornecerá um envelope lacrado contendo senhas para acesso em site específico. Segundo a coordenadora de comunicação social do IBGE em Mato Grosso do Sul, Isabel de Paula Costa, trata-se de casos isolados e geralmente quando a pessoa é selecionada para responder ao questionário-amostra, que é mais longo, com aproximadamente 150 perguntas. Em Campo Grande, 5% da população recenseada responderá a este questionário mais extenso.

Interior
Dentre os 78 municípios do Estado, Rochedo já conseguiu contar 100% de sua população, de 4.496 habitantes. Ladário e Vicentina também estão próximas de completar o trabalho de coleta, com respectivamente 98% e 97% das pessoas recenseadas. No outro extremo, estão Santa Rita do Pardo, com 50% da população recenseada, Antônio João, com 55%, e Figueirão, onde foram recenseadas até o momento 56% das pessoas residentes no município.
Já em Dourados, segunda maior cidade do Estado, 67% da população foi recenseada, o que representa 126.497 pessoas. Em Corumbá, a contagem já atingiu 89% da população estimada, em Três Lagoas 84% e em Ponta Porã 71%.

Brasil
Até ontem, foram recenseadas no Brasil 133,7 milhões de pessoas, o que corresponde a 70% da população estimada pelo IBGE. Dentre as 27 unidades da federação, Rondônia apresenta o maior percentual de população recenseada, 83%, seguido do Tocantins, com 82%. Já no Rio Grande do Sul, somente 62% da população foi recenseada até o momento.

Leia Também