Domingo, 19 de Novembro de 2017

Homem sobrevive a sete facadas

26 MAR 2010Por 06h:13
Wagner Brasil de Araújo, de 29 anos, pode ter sido vítima de tentativa de latrocínio, na manhã de anteontem, em Campo Grande. Ele foi golpeado com sete facadas, segundo boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil, quando transitava sobre uma ponte na Vila Parque dos Laranjais, na região da saída para Rochedo, por volta das 7h20min. Este foi o quarto caso grave envolvendo roubo, na Capital, somente neste mês — nos três primeiros, as vítimas morreram. O homem esfaqueado foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento da Vila Almeida. Policiais militares foram avisados da ocorrência e tentaram falar com a vítima, mas devido ao estado de saúde grave, Wagner não pôde ser ouvido pelos policiais. Dois amigos do jovem, que foram à unidade de saúde, relataram aos policiais que ele ligou logo após ter sido atacado, pedindo ajuda. Neste telefonema, contou ter sido atacado quando passava por uma ponte no Parque dos Laranjais por um homem desconhecido, indicando um provável roubo. Em conferência no sistema de informação da polícia, os dois amigos têm acusações de crimes, consta no boletim de ocorrência. O caso, que foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), deve ser encaminhado para a 7ª Delegacia de Polícia. Violência Pelo menos outros três casos de latrocínio ocorreram em Campo Grande nas últimas duas semanas. No dia 11, Juarez Alves Feitosa, de 35 anos, foi morto com um tiro na nuca quando estava na Avenida Gury Marques, na região da saída para São Paulo, após ter sido abordada por duas pessoas, que exigiram que lhes entregasse a pochete. Como se recusou a atender à ordem, foi alvejado pelo tiro e morreu. O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). Na última segunda-feira, o comerciante Geraldo Cardoso morreu durante assalto a um bar, na mesma região da cidade. Um adolescente foi apreendido e um homem detido acusados de envolvimento no latrocínio. Já anteontem de madrugada, o servidor público aposentado Francklin Yashuyro Shinzato, de 78 anos, foi encontrado morto em sua casa, na Travessa Bocage, com sinais de espancamento. O autor roubou o veículo da vítima e eletrodomésticos da residência.

Leia Também