Sábado, 18 de Novembro de 2017

Homem sai de casa para o trabalho e é assassinado com dois tiros

5 JUL 2010Por 06h:58
Fábio Dorta, Dourados

Edirceu de Oliveira, de 42 anos, foi assassinado por volta das 6h da manhã de ontem. Ele recebeu dois tiros de revólver de baixo calibre, provavelmente calibre 22, na cabeça. O homicídio aconteceu na Rua Rio Brilhante, no Bairro Jardim Água Boa, em Dourados. A vítima trabalhava na gráfica do Jornal O Progresso e também era responsável pela distribuição de jornais na cidade.

Oliveira foi morto a cerca de 400 metros de sua residência, no momento em que saía de bicicleta para o trabalho. O morador de uma casa que fica nas proximidades do local do crime ouviu os disparos e quando saiu para a rua percebeu dois homens correndo, mas não conseguiu identificá-los.  Equipes da Polícia Militar e da perícia técnica da Polícia Civil atenderam a ocorrência. O corpo de Oliveira foi encaminhado ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol) e depois liberado para que a família providenciasse o sepultamento, que vai acontecer na manhã de hoje. O telefone celular dele foi apreendido no local do crime. A polícia vai investigar se ele recebeu ou fez alguma ligação que possa ajudar a desvendar o caso.

Parentes e colegas de trabalho ouvidos pela polícia ainda no local do crime, afirmaram que Oliveira, que era casado e pai de um filho pequeno, era uma pessoa pacata e, aparentemente, não tinha inimigos. Ele trabalhava na imprensa douradense há mais de 25 anos, tanto em gráficas e oficinas de jornais locais, como de entregador.

Pelo tipo da arma utilizada pelos assassinos, a polícia não descarta a possibilidade de que ele tenha reagido a uma tentativa de assalto, ou que tenha ocorrido latrocínio (roubo seguido de morte), mas outras hipóteses também serão investigadas. Na bicicleta e junto ao corpo da vítima a polícia encontrou uma carteira com documentos pessoais, além de roteiros com endereços de assinantes de jornal.

Leia Também