Sexta, 24 de Novembro de 2017

Homem é morto com tiro no pescoço em casa

12 SET 2010Por 14h:56
BRUNA LUCIANER

Anderson Pires de Moraes, 29 anos, foi morto com um tiro no pescoço, na manhã de ontem, em uma casa localizada na Rua Porto Rico, Bairro São Jorge da Lagoa, em Campo Grande. O autor do tiro foi um motoqueiro que invadiu a casa para atingir a vítima. No momento do crime, pelo menos outras quatro pessoas estavam na casa, incluindo duas crianças, mas não conseguiram reconhecer o autor. Até o fim da tarde de ontem, a polícia não tinha suspeitos.
De acordo com Anne Melisse Prado, 19 anos, que estava junto com Anderson e presenciou o homicídio, um carro Parati prateado, ocupado por dois homens, parou em frente à casa e começou a acelerar para chamar atenção. Enquanto Anderson foi até a frente da casa e constatou que não conhecia os ocupantes do veículo, uma moto YBR roxa, com a placa coberta, parou a cerca de 30 metros da casa e o piloto, com capacete, caminhou até a residência e efetuou três disparos de arma de fogo, que falharam.
O motoqueiro então efetuou um tiro para o alto, que deflagrou. Ele entrou na casa atrás de Anderson e atirou em direção ao rapaz, acertando-o no pescoço. Anne ainda tentou segurar o motoqueiro pela camiseta, mas ele deu as costas, sem falar nada, e foi embora. Os ocupantes da Parati ainda desceram do carro e olharam para dentro da casa antes de ir embora.
Testemunhas afirmam que tanto os ocupantes do carro quanto o motoqueiro aparentavam ter mais de 40 anos.
Discussão
No noite anterior ao crime, Anderson discutiu com uma ex-namorada em um bar na Avenida Tiradentes. No entanto, por enquanto, não é apontada nenhuma relação entre essa fato e a morte. Ele retornou para a casa junto com uns amigos e durante a noite ficou bebendo na varanda.
No momento do homicídio, também estava na casa Elenice Augusto Prado, mãe de Anne. Ela dormia em um dos quartos, em companhia de um filho de 12 anos e um neto de um ano e meio.

Leia Também