Sexta, 24 de Novembro de 2017

Grêmio perde clássico para o Internacional, mas comemora título

3 MAI 2010Por 08h:28
Porto Alegre

Grêmio e Internacional disputaram na tarde de ontem o Gre-Nal número 381 da história, clássico que coroou o título gaúcho de 2010 do Tricolor. Porém, em um jogo eletrizante, a certeza de que o Grêmio seria o campeão de 2010 só apareceu no apito final.

Até o árbitro Leandro Vuaden encerrar o confronto no Estádio Olímpico estava tudo aberto. A tensão transparecia nos rostos dos torcedores azuis e dos vermelhos. No fim a vitória foi do Inter, mas a comemoração do título tem o azul, o preto e o branco do Grêmio. O 1 a 0 do Colorado não foi suficiente para reverter a vantagem construída pelo Tricolor no jogo de ida, quando venceu no Beira-Rio por 2 a 0.

Após três anos, o Grêmio volta a ser o dono do futebol do Rio Grande do Sul. A conquista, a primeira sob o comando de Silas, é a 36ª do clube na história da competição.

O responsável por toda a tensão da tarde de domingo foi Giuliano. O meia colorado marcou o gol solitário da partida logo aos 9 minutos do primeiro tempo. Mesmo em vantagem, o Inter não conseguiu se impor. Tendo a posse de bola e o resultado a favor, o Grêmio não conseguiu empatar, pois parou em Abbondanzieri. Porém, fez o suficiente para manter os colorados longe de sua área e levantar a taça.

A nota triste da tarde foi de Taison. Nos acréscimos do segundo tempo, o atacante do Inter levou drible de Jonas e chutou o gremista na sequência, gerando uma confusão desnecessária na beira do gramado.

O tempo para comemorações e decepções será curto. No meio da semana tem mais um pouco de tudo ou nada para os dois clubes. Na quarta-feira, o Grêmio enfrentará o Fluminense, pela Copa do Brasil. No dia seguinte, o Inter entrará em campo para pegar o Banfield, pela Libertadores.

Leia Também