Sábado, 18 de Novembro de 2017

GP da China promete ser tira-teima entre equipes

16 ABR 2010Por 21h:15

Eduardo Miranda

 

O Grande Prêmio da China, que será disputado na madrugada de amanhã, às 3h (MS), será o tira-teima entre as três equipes que venceram neste ano, e prometem polarizar a disputa nos mundiais de pilotos e de construtores. Até agora, Ferrari, McLaren e Red Bull venceram uma corrida cada uma na temporada.

A primeira etapa deste ano, no Bahrein, foi vencida por Fernando Alonso; na Austrália, o vencedor foi Jenson Button, e no GP da Malásia, Sebastian Vettel garantiu a vitória.

Entre os pilotos, as quatro primeiras posições são ocupadas por integrantes destas três equipes. Felipe Massa, da Ferrari, é o líder da competição, com 39 pontos. Atrás dele estão seu companheiro, Fernando Alonso, e Sebastian Vettel, da Red Bull, ambos com 37. Jenson Button, da McLaren, é o quarto com 35 pontos.

Para o Grande Prêmio da China, a McLaren demonstra favoritismo, por conseguir o melhor desempenho no circuito de Shangai. Lewis Hamilton e Jenson Button têm os carros mais equilibrados para esta prova, resultado dos dutos de ar na carenagem.

Entre os brasileiros, Bruno Senna e Lucas di Grassi, pilotos da Hispania e da Virgin, respectivamente, reclamaram da falta de aderência da pista chinesa. Rubens Barrichello, da Williams, também não foi bem na primeira movimentação para a prova.

 

Acidente

Nos treinos livres de ontem, o suiço Sebastien Buemi, da Toro Rosso, protagonizou o acidente mais impressionante da temporada. O piloto viu as rodas de sua Toro Rosso simplesmente se soltarem no meio da reta devido a um problema com a suspensão.

Leia Também