Terça, 21 de Novembro de 2017

Governador diz que não vai procurar Dilma

17 MAR 2010Por 07h:13
O governador André Puccinelli (PMDB) está disposto a conversar com a ministra Dilma Rousseff (PT) na abertura da 72ª Expogrande (Exposição Agropecuária da Capital), porém não vai procurá-la para agendar encontro. “Não sei se ela vai querer conversar comigo, caso ela queira, eu sou um sujeito educado e converso”, afirmou, ontem durante evento na governadoria. Enquanto isso, petistas esperam que o senador Delcídio do Amaral (PT) consiga marcar uma reunião com a ministra e pré-candidata do PT à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O objetivo é falar com Dilma sobre a campanha presidencial em Mato Grosso do Sul. Segundo Puccinelli, o presidente Lula já teria pedido a ele apoio à ministra na batalha pela sucessão. Por outro lado, tanto Dilma quanto o candidato do PSDB, governador de São Paulo, José Serra, não teriam se manifestado com ele sobre apoio eleitoral. A candidata petista deverá fazer “visita relâmpago” a Campo Grande amanhã. Seu desembarque está previsto para as 16h, enquanto a abertura da Expogrande está marcada para as 18h. Conversas políticas, portanto, deverão ocorrer neste intervalo de duas horas. (LK)

Leia Também