Galvão Bueno elogia esposa, mas se irrita com pergunta de Luiza Possi

YAHOO! 29/11/2011 13h36

Galvão Bueno tentou minimizar os boatos da briga que teve com sua esposa Desirée Soares, na quinta-feira (24), durante um show de Luan Santana. O narrador esportivo elogiou a mulher ao vivo no programa ‘Bem Amigos’, que foi ao ar na noite dessa segunda-feira (28) pelo Sportv.

Arnaldo Cézar Coelho citou “por acaso” que era aniversário de casamento de Galvão: “Hoje é você quem vai pagar o jantar, pois está completando 11 anos de casamento...”. Ele aproveitou para se declarar à mulher: “Desirée é uma mulher maravilhosa, com quem tenho a sorte de estar casado. Hoje pela manhã ela acordou cedo e seguiu para Londrina sem me acordar, pois sabe que eu teria um dia cheio. Quando entrei no banheiro, havia uma mensagem escrita no espelho ‘te amo’”.

Segundo o jornal “O Dia” dessa segunda-feira (28), Galvão ficou irritado, jogou champagne no rosto de Desirée e a empurrou. Ela, que estava em pé, caiu sentada no sofá do camarote, envergonhada. O motivo da briga teria sido uma entrevista que Desirée deu à Rede Record.

Luiza Possi cutuca Galvão
Em meio a uma discussão da bancada sobre os técnicos mais longevos do Campeonato Brasileiro, a cantora Luiza Possi, convidada como atração musical do programa, interferiu para fazer uma pergunta pertinente, mas elaborada com uma leve cutucada no locutor da Rede Globo. “Vocês não acham que a permanência dos técnicos nos times por mais tempo é um sinal de que as coisas estão mudando? Os clubes têm que ter paciência para manter os treinadores, como em qualquer relacionamento. Você (se dirigindo a Galvão), que é casado há 11 anos, sabe muito bem que desentendimentos são normais e que é importante dar um crédito de confiança ao parceiro.”

Galvão Bueno fez cara de poucos amigos ao ouvir a cantora misturando futebol com seu casamento e grosseiramente disse: “A sua pergunta é muito boa, mas para respondê-la vamos precisar de horas aqui! Vou passar para o próximo quadro, ok?” Luiza ficou atônita, enquanto Galvão chamava Arnaldo Cézar Coelho para apresentar a ‘pegadinha do Arnaldo’.  


Compartilhe