Segunda, 20 de Novembro de 2017

Futsal da Capital “exporta” atletas para Santa Catarina

4 FEV 2010Por 06h:25
As gêmeas campo-grandenses Mayara Rodrigues de Lorena e Maysa Rodrigues de Lorena, de 16 anos de idade, que na última temporada defenderam a equipe de futsal feminino do Colégio ABC, acertaram a transferência para Brusque (SC), onde atuarão nas equipes de base. “Espero que esta seja a grande guinada da nossa carreira”, disse Mayara. As irmãs, gêmeas univitelinas, sempre atuaram juntas, e o convite para Santa Catarina, também veio em dose dupla. “Eles analisaram o nosso currículo, com todos os títulos que conquistamos”, contou Maysa. A primeira vez que os catarinenses viram as gêmeas em ação foi no ano passado, na 4ª edição da Taça Brasil Sub-15 feminina, quando elas foram vice-campeãs pelo time do Colégio ABC. “Nossa carreira começou na Escola Estadual Hélia França Cardoso, em 2005. Depois de defendermos o time da escola, na Copa Estudantil, ganhamos um bolsa na Mace, onde ficamos três anos para depois jogarmos pelo ABC”, contou Mayara. Em Brusque, Mayara e Maysa se integrarão ao time sub-17. “Nós vamos ficar em um a lojamento, seremos inscritas na federação de lá, e além de uma bolsa de estudos, vamos receber uma ajuda financeira mensal”, informou Maysa. Será a primeira vez que as gêmeas ganharão dinheiro para fazer o que mais gostam: jogar futsal.

Leia Também