Terça, 21 de Novembro de 2017

Frente fria é a maior dos últimos oito anos

20 JUL 2010Por 07h:03
anahi zurutuza

A frente fria que chegou a Mato Grosso do Sul na segunda-feira passada é considerada a mais severa dos últimos oito anos. Por conta das baixas temperaturas e intenso nevoeiro, pelo menos, três pessoas morreram, o aeroporto de Campo Grande ficou quatro dias fechado e milhares de bovinos morreram em fazendas do Estado.
De acordo com a meteorologista do Centro de Monitoramento do Tempo, Clima e Recursos Hídricos (Cemtec), Cátia Braga, se levada em conta a sensação térmica, de 2002 até agora, não houve frio tão rigoroso quanto o que castiga os sul-mato-grossenses desde a semana passada. “Em alguns anos, tivemos inverno com temperaturas mais baixas, mas esta frente fria que chegou na semana passada realmente é atípica, os ventos estão bem fortes e a umidade relativa do ar acima dos 90%, o que nos dá a sensação de que esse é o pior frio dos últimos tempos”.
Segundo Cátia, em frente frias que atingiram o Estado em 2004 e 2009, os termômetros chegaram a marcar 4,3 graus na Capital. Este ano, a menor temperatura registrada foi de 5,9 graus. “Embora a mínima absoluta deste inverno seja mais de 1 grau maior que a dos outros anos, no dia 14 (quarta-feira passada) quando fez 5,9 graus, a velocidade do vento era de 41,9 quilômetros por hora, por isso, a sensação térmica chegou a ser de 7 graus negativos”.
Já o meteorologista Natálio Abrahão, responsável pela estação meteorológica da Uniderp/Anhaguera, afirma que há oito anos o Estado não enfrenta frente fria tão duradoura quanto a dos últimos oito dias. “A última frente mais longa foi justamente em 2002, quando tivemos seis dias sem aparecimento de sol”, comenta. De acordo com Natálio, desde segunda-feira, a mínima tem ficado sempre abaixo dos 9 graus.

Interior
Há dois dias, Ponta Porã e Corumbá figuram no ranking dos municípios que registraram as menores temperaturas do Brasil. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ontem, às 8h, a mínima em Ponta Porã era de 4,5 graus, a menor temperatura do País para o horário. No domingo, também às 8h, Ponta Porã fez 4,9 graus e Corumbá 6,7. As cidades ficaram, respectivamente, em 1º e 5º lugar na lista dos municípios mais frios.

Previsão
A frente fria estacionada desde segunda-feira no Estado deve dissipar amanhã, mas meteorologistas já alertam para a chegada de outra frente na quinta-feira. “Na sexta-feira os municípios da região oeste e também sul do Estado já devem sentir queda nas temperaturas. Campo Grande e o restante devem sentir a nova onda de frio só no sábado”.
Para hoje, Inmet prevê mínima de 12 e máxima de 28 graus. Amanhã, a temperatura oscila entre 18 e 32 graus.

Leia Também