Domingo, 19 de Novembro de 2017

Festival do Sobá ganha reforços

5 AGO 2010Por 07h:48
Thiago Andrade

Reunindo cultura, gastronomia, negócios e turismo, o 5º Festival do Sobá começa hoje, na Feira Central de Campo Grande, às 19h30min. Após a abertura oficial, haverá show com o cantor e compositor Fábio Júnior, que lançou recentemente o disco “Romântico”. Ele vem para a Campo Grande com a turnê de divulgação do trabalho.
Os organizadores afirmam que esta será a maior edição do festival e esperam público superior a 100 mil pessoas.
Serão quatro dias de comemorações, com atividades e apresentações de música, dança, além de oficinas e a segunda edição da Mostra de Negócios Nikkei & Dekassegui. “Estamos trabalhando para que este festival seja mais envolvente, mais organizado e mais festivo. Pela primeira vez contamos com shows de artistas nacionais na abertura e no encerramento. Nem o tempo frio vai afugentar o público”, acredita a presidente da Associação da Feira Central e Turística de Campo Grande (Afecetur), Alvira Appel.
Segundo ela, entre os dias 5 e 8 de agosto, a cidade se tornará o ponto de encontro das diversas culturas de Mato Grosso do Sul, principalmente porque a estimativa é que o número de turistas seja 70% maior que no ano passado. A dupla sertaneja Mato Grosso & Mathias fará o show de encerramento no domingo. Alvira lembra que, além da Feira Central, cerca de 50 restaurantes e sobarias da cidade são movimentados de forma indireta, aquecendo a gastronomia da Capital.
“Como o evento agora faz parte do calendário oficial de festas do Estado, estamos ganhando muita visibilidade e precisamos fazer isso valer. É por isso que estamos fazendo um festival tão grande neste ano”, aponta Paulo Régis, parceiro da Afecetur e um dos organizadores do festival. As novidades para este ano incluem a integração entre a Mostra de Negócios Nikkei & Dekassegui, que acontece, paralelamente, no Armazém Cultural, e o Festival do Sobá. “Ano passado, quando aconteceu pela primeira vez, a mostra foi menor. Este ano queremos compor um evento paralelo, que tem como objetivo divulgar a cultura japonesa em Mato Grosso do Sul”, aponta Sayuri Higa, organizadora da mostra.
Além disso, as tradicionais competições “Comilão de sobá” e a “Corrida do sobá” retornam nesta edição e devem contar com, no mínimo, 50 competidores em cada uma.

Leia Também