Domingo, 19 de Novembro de 2017

Festa do Peixe supera meta em Dourados

6 ABR 2010Por 21h:41

Cícero Faria, Dourados

 

Faltou pescado vivo para atender à demanda dos douradenses durante a 7ª Feira do Peixe, encerrada no sábado passado. Foram comercializadas 30 toneladas em três dias, quase o dobro da produção oferecida no ano passado pelos piscicultores. O preço abaixo dos praticados por peixarias e supermercados foi o principal apelo para o consumo na Semana Santa.

"A nossa meta para esta festa do peixe era superar o volume do ano passado, que foi de aproximadamente 16 toneladas", comentou o secretário de Agricultura, Indústria e Comércio, Maurício Peralta. Mas de quarta a sexta-feira as vendas atingiram 30 mil quilos de pacu, pintado, tambaqui e catfish, e os estoques se esgotaram. "Quem deixou para comprar seu exemplar no sábado perdeu a viagem", lembrou Peralta. Dentro do torneio de pesca, o vencedor Gilmar de Assis Freitas conseguiu pescar um pacu de 4,5 quilos no lago do Parque Antenor Martins, no jardim Flórida, levando para casa uma moto 150 cc. Peixes maiores foram soltos na represa para a disputa, que teve 2.300 inscritos.

Leia Também