Segunda, 21 de Agosto de 2017

Felpuda

12 AGO 2017Por Ester Figueiredo00h:00

Enquanto o Estado brasileiro, nas esferas federal, estaduais e municipais, não promover as reformas e os cortes necessários para tentar ser viável, ágil e competente, inútil continuará sendo a criação de impostos, enfiados goela abaixo da classe produtiva, para “sair do vermelho”. A questão é simples: gasta-se mais do que se arrecada, a conta só cresce, assim como a inércia. E faltam vontade política e coragem. Só!
Ester Figueiredo

Leia Também