Quarta, 22 de Novembro de 2017

Expo-MS atrai empresas estratégicas

5 ABR 2010Por 22h:01
Campo Grande

As empresas JBS Friboi, Mabel, Soprano e Reflore-MS acertaram a participação na feira da indústria juntamente com as participações da CNI, Sesi, Senai, IEL, Sebrae, Fecomércio, Banco do Brasil, Governo do Estado, as prefeituras de Campo Grande, Corumbá, Dourados, Três Lagoas e Rio Verde, além das empresas Imesul, D’Itália, Quimiplast, Kriativa Expositores, Mov Flex Indústria e Comércio de Móveis para Escritório, Cruzeiro do Sul, Via Blumenau, Grupo Avanti, Cortex, Adar Tecidos e Fatex, Eco Máquinas, Divino Sapore, entre outras.

A participação do Grupo JBS-Friboi foi definida pessoalmente pelo sócio-proprietário e membro do conselho executivo José Batista Júnior durante reunião no Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande, com o presidente da Fiems, Sérgio Longen. “O grupo é a maior empresa em processamento de proteína animal do mundo e está presente em todos os continentes, com plataformas de produção e escritórios no Brasil, Argentina, Itália, Austrália, EUA, Uruguai, Paraguai, México,China, Rússia entre outros países. Portanto, a presença do JBS na feira da indústria do Estado era essencial”, analisou Longen.
Com acesso a 100% dos mercados consumidores, a JBS possui 140 unidades de produção no mundo e mais de 120 mil colaboradores, tendo capacidade de abate de 43,4 mil cabeças de gado por dia, 30 mil fornecedores de carne bovina e 58 frigoríficos concentrados no Centro-Oeste (MT, MS e GO) e Sudeste (SP). O presidente da Fiems também acertou pessoalmente a participação da Mabel, que nos últimos anos se consolidou como uma das maiores empresas de biscoito no Brasil e que desde 1998 conta com uma unidade industrial em Três Lagoas.

Sérgio Longen ainda negociou a presença da Reflore-MS (Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas), que se tornou referência dentro do contexto nacional com ações inovadoras e consolida o seu espaço junto com um dos setores que mais cresce em Mato Grosso do Sul. Atualmente, fazem parte da entidade as conceituadas empresas do setor, como a Ramires Reflorestamentos, Vetorial Siderurgia, Fibria, Delb, Maseal, Prime Timber, Grupo Mutum, Cargill, MMX, Energo e 3P Comércio e Empreendimentos.

Também está definida a participação da Soprano, indústria gaúcha com mais de 50 anos de atuação e que desenvolve um linha completa em acessórios para móveis, oferece ao mercado produtos como fechaduras para móveis, dobradiças, fechos, suportes, corrediças e trilhos, dispositivos de montagem e puxadores. Ela também produz componentes para indústria de esquadrias, acessórios para persianas, esquadrias de aço e madeira, esquadrias de PVC e de vidro, equipamentos hidráulicos, bombas hidráulicas, cilindros hidráulicos, kit hidráulico, tomadas de força, válvulas, filmes, resinas e metais, filmes de poliéster, metais, resinas, materiais elétricos, produtos para o comércio da construção civil, entre outros produtos.

Leia Também