Quinta, 23 de Novembro de 2017

Estudo avalia guarda de filho de Eliza com avó

19 JUL 2010Por 20h:18
Silvia Tada

A Justiça estadual de Mato Grosso do Sul realiza hoje o estudo social com Sônia de Fátima Marcelo da Silva Moura, que pleiteia a guarda definitiva do neto Bruninho, suposto filho de Eliza Samúdio com o goleiro Bruno Fernandes. A jovem teria sido morta e o suspeito de ser o mandante do crime é o jogador, que está preso em Belo Horizonte (MG).
De acordo com a advogada de Sônia, Maria Lúcia Borges Gomes, os representantes da Justiça irão ao distrito de Anhanduí, a 60 quilômetros de Campo Grande, para ver as condições de vida da avó do bebê. A família retornou anteontem para casa, depois de alguns dias em Campo Grande para tratar da saúde de Bruninho.
Maria Lúcia afirmou que o estado de saúde da criança já é melhor. “Ele se recuperou bem do processo alérgico; está saudável e muito sorridente”, comentou a advogada. A família foi recebida com festa no retorno ao distrito, com presentes e faixas de boas-vindas.
Antes de ficar com a avó, o bebê estava sob a guarda do pai de Eliza Samúdio, Luiz Carlos Samúdio, em Foz do Iguaçu (PR). Por determinação judicial, a criança foi entregue provisoriamente à Sônia Moura.
O resultado do estudo social da família de Anhanduí será encaminhado para a Justiça do Paraná, que deve decidir com quem ficará a guarda definitiva do menino.

Leia Também