Sexta, 24 de Novembro de 2017

Espaço oferece exposição, oficina de máscaras e cinema no carnaval

10 FEV 2010Por 21h:35
O Museu de História do Pantanal, localizado em Corumbá, oferecerá programação para aqueles que, além da folia, pretendem dividir o tempo com cultura. Aberto ininterruptamente até a terça-feira de carnaval, o local funcionará das 13h às 17h30min. No local o público pode apreciar a exposição sonora “Marchinhas”, com músicas que marcaram os carnavais do século XX, na Sala Lúdica do Museu de História do Pantanal. Atendendo a pedidos, o Programa de Ação Educativa do Museu de História do Pantanal oferecerrá novamente a oficina de confecção e decoração de máscaras carnavalescas, de gesso, para crianças e adolescentes, gratuitamente. A idwia é que as crianças estejam com suas máscaras prontas no sábado e possam usá-las para compor suas fantasias nos bailes e festas da cidade. A participação é gratuita e as inscriçõies limitadas. Hoje e amanhã, a oficina será realizada em 2 módulos, das 13h às 17h, no Salão Principal do Museu de História do Pantanal. Cinema Na Sessão Corumbella, haverá a Mostra Cinesamba: “Tem samba no cinema? Tem sim senhor”. Serão quatro filmes brasileiros sobre samba e carnaval. Os curtas-metragens reunidos nesta mostra resgatam apaixonadamente a memória de personagens essenciais na história do samba no Rio de Janeiro e em São Paulo. “Jorjão”, de Paulo Tiefenthaler, nos leva para o meio da bateria da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel com o seu mestre Jorjão. “Batuque na cozinha”, de Anna Azevedo, traz visão intimista de estrelas da velha guarda da Portela enquanto “Nelson Sargento”, de Estevão Ciavatta, mostra o retrato carinhoso de um sambista que define música como uma filosofia de vida. A mostra fecha com o docu-drama “Geraldo filme”, de Carlos Cortez. Sessões gratuitas todas as sextas e sábados de fevereiro, sempre às 16h, de 2010, no Cine Clube do Museu de História do Pantanal, no Porto Geral.

Leia Também