Sábado, 18 de Novembro de 2017

Escritora naviraiense é finalista em prêmio de literatura nacional

18 MAR 2010Por 02h:05
A escritora naviraiense Divina Célia Garcia, 39 anos, é uma das finalistas do 3º Prêmio Sentidos, promovido pela revista do mesmo nome, que conta com circulação nacional, tendo como tema a inclusão social da pessoa com deficiência. Divina, que contraiu a poliomielite aos 3 meses, concorre na categoria Literatura com mais dois candidatos. “O ano passado fiquei entre os 10 finalistas, mas não fui a júri popular, dessa vez fiquei entre os três primeiros, ganhando o direito de ser votada”, explica a escritora, que tem 7 livros editados. Este ano, foram inscritos 787 trabalhos de vários pontos do País. Segundo Divina, a indicação ao prêmio é feita a partir da trajetória do candidato. “Não é somente a parte literária que conta. Também é colocado em primeiro plano a superação do deficiente, sua história”. Em 1992, publicou o primeiro livro, “Minhas pegadas singelas”. Os três seguintes foram sobre sua experiência pessoal. Depois dedicou-se as crônicas sobre o cotidiano, sem nunca perder de vista questões referentes aos portadores de necessidades especiais. Divina conta que os primeiros anos de vida passou em uma área rural e foi alfabetizada aos 9 anos. Quatro anos depois, sentiu necessidade de colocar no papel momentos do seu cotidiano. Depois do primeiro livro lançado, a literatura deixou de ser apenas registro emocional e passou a representar parte importante do orçamento familiar. “Durante 10 anos, sobrevive vendendo meus livros. Ajudei a manter a minha casa, ajudando meu pai e minha mãe”. O período de vendas aconteceu em várias partes de Mato Grosso do Sul. “Praticamente conheço todo o Estado, todas suas regiões. Cheguei a vender perto de 3 mil exemplares”. Ela conta que os compradores, num primeiro momento, compravam mais para ajudar uma portadora de necessidade especial. “Isso mudava quando eu começava a conversar por mais tempo com as pessoas. Depois de certo tempo notava que acabavam se interessando pela minha história. Entendiam que eu não pedia ajuda, estava trabalhando”, lembra. Hoje, é proprietária de um site de notícias na região de Naviraí e concluiu o curso de Letras na Unigran, em Dourados. Os vencedores do Prêmio Sentidos serão conhecidos no dia 30 março, no Memorial da América Latina (São Paulo). A premiação divide-se nas categorias Gente como a Gente, Talentos Especiais (arte, esporte e literatura). Para votar em Divina somente acessar o site da revista – www.sentidos. uol.br

Leia Também