Segunda, 20 de Novembro de 2017

Escolha o seu Avatar para explorar Pandora

20 JAN 2010Por CLEIDSON LIMA13h:46
Um sucesso nas bilheterias dos cinemas espalhados em diversos países, Avatar caiu na graça dos brasileiros que puderam também assistir ao filme na telona com um ambiente tridimensional. Como já é tradicional no mundo dos games, a maioria dos filmes de sucesso ganham a atenção especial das empresas desenvolvedoras de jogos que tentam embarcar também na euforia dos gamemaníacos. Avatar: The Game, da Ubisoft, foi lançado visando trazer o mesmo ambiente hostil do planeta Pandora. O Correio Informática testou o jogo no console Xbox 360. Enredo O planeta Terra está sem recursos energéticos. Uma equipe de militares e cientistas é enviada em busca de novas fontes de energia em um planeta nunca antes explorado: Pandora! Pandora é um mundo parecido com a Terra, mas com o detalhe que o ser humano não tem o oxigênio para respirar. Em Pandora vivem os Na'vis, povo local "pintado" em azul, que irão defender o seu planeta a todo custo. Para explorar o planeta de Pandora, cientistas criam humanos Na'vis híbridos, os quais os humanos podem controlar esses seres de forma cerebral. Tudo isso, controlado pelo Centro de Operações (RDA). No primeiro momento, Pandora é um belo lugar, coberto de vegetação exótica e cheia de animais selvagens. Se o jogador seguir a rota RDA, que é exibida no mapa, irá presenciar plantas liberando gases venenosos ou derrubando com golpes das próprias folhas. No entanto, ao passar o tempo, os ambientes vão se tornando repetitivos e os cenários parecem que se tornarem cansativos. Jogabilidade Pandora traz algumas regiões relativamente grandes para serem exploradas, sendo que cada missão é um pouco mais longa que o habitual para atingir o objetivo. A jogabilidade permite ao jogador dar saltos, rolamentos para escapar das criaturas e mira aproximada para acertar os inimigos com maior precisão. Além disso, há um recurso que deixa o jogo no ritmo mais lento, semelhante ao "bullet time" (tempo da bala) do Max Payne. Um detalhe interessante no jogo é a identificação de inimigos camuflados por intermédio da mudança da mira da arma do jogador. Dessa forma, fica um pouco mais fácil prever quem está vindo para atacá-lo. O jogador inicia a exploração em Pandora com quatro tipo de armas, podendo ser alteradas usando o direcional do joystick. Ao avançar cada fase do jogo, é melhorado o nível de proteção da sua armadura e potência da arma. Avatar: The Game traz um modo de campanha em que o jogador pode escolher o ser humano e o Avatar que será um híbrido na tribo Na'Vis. Os jogadores que curtem jogar pela internet por meio da Xbox Live, o modo multiplayer disponibiliza o Team Deathmatch, King of the Hill e Capture the Flag. Gráficos O destaque para os gráficos do jogo fica por conta da preocupação com as cores em cada cenário, sendo que a vegetação exótica teve até a aplicação de efeitos de luz. O que deixou a desejar foram as texturas aplicadas em cada personagem e também nos veículos (ar, água e terra) e o detalhismo nas armas. Dá a impressão que a preocupação principalmente realmente ficou por conta dos cenários e, mesmo assim, os ambientes se tornam visualmente monótunos ao avançar no jogo. Avatar: The Game tem uma configuração que habilita a visão tridimensional do jogo. No entanto, vários jogadores só poderão aproveitar esse recurso se tiverem um aparelho de TV em alta definição que tenha suporte para a tecnologia 3D. Áudio O áudio permite ao jogador ouvir claramente as comunicações dos personagens pelo rádio, as águas da cachoeira, a movimentação dos veículos e até a mudança do som de ambiente quando estiver sendo atacado! Em Campo Grande, Avatar: The Game pode ser encontrado na Falcão Games. Para obter mais detalhes, visite o site www.falcaogames.com.br

Leia Também