Sábado, 18 de Novembro de 2017

Equipes fazem limpeza e recuperação de ruas depois de temporal

27 FEV 2010Por 04h:29
Equ ipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação foram mobilizadas ontem para recuperar danos em áreas prejudicadas pela chuva que caiu no início da tarde de quinta-feira, em Campo Grande, durou 1h20min e causou estragos. Além da limpeza das bocas de lobo, retirada de galhos de árvores, terra e sujeira das vias, a prefeitura da Capital recuperou os trechos de asfalto destruídos pela enxurrada. A forte chuva inundou imóveis, danificou ruas e estruturas públicas. Já os ventos atingiram 47 km/h, conforme o responsável pela Estação Meteorológica da Uniderp / Anhanguera, Natálio Abraão. Durante o temporal, a Defesa Civil municipal registrou pelo menos 10 pontos de alagamento e duas casas invadidas pela enxurrada. De acordo com a prefeitura, equipes de limpeza foram destinadas aos bairros Jardim Panorama, Vivendas do Parque, Maria Aparecida Pedrossian e imediações das Avenida Costa e Silva e Rachid Neder. Já a recuperação do asfalto ocorreu na Rua Spipe Calarge, na Vila Carlota, Rua Padre João Grener, no Bairro Taveirópolis e na Rua Jefferson Clair Moraes, Vila Cidade Morena. Os trabalhadores recuperaram ainda parte do asfalto na Rua Chaad Scaff, próximo à Joaquim Murtinho, que foi arrancada pela enxurrada e arrastada até o lado contrário da pista, causando interdição das vias. Quando da destruição, pelo menos 10 funcionários da Agência Estadual de Trânsito (Agetran) foram até o local para quebrar e fazer a remoção da placa de asfalto que se deslocou. O secretário municipal de Infraestrutura, João Antonio De Marco, garantiu que o solapamento ocorrido na Rua Chaadi Scaff não pode ser associado à qualidade do asfalto. “Tivemos um volume de chuva muito acentuado, aquele asfalto é antigo e isto pode acontecer. A água entra por baixo do asfalto e, sem espaço suficiente para passar, acaba provocando este tipo de estrago”, explicou.

Leia Também