Domingo, 19 de Novembro de 2017

Em Corumbá, haverá prazo de mais 15 dias

2 SET 2010Por 20h:38
Sílvio Andrade, Corumbá

A Agência Municipal de Trânsito e Transporte de Corumbá (Agetrat) decidiu dar prazo de mais 15 dias aos motoristas para se adequarem à lei da obrigatoriedade do uso da cadeirinha infantil, que começou a vigorar ontem. O chamado período de adaptação, na realidade é uma tolerância porque o equipamento dentro dos padrões exigidos está em falta no comércio local.
O supervisor da Agetrat Miguel Soares informou que as blitze educativas continuarão durante as duas semanas, passando a lavrar multas a partir do dia 15. “Os motoristas que não cumprirem a legislação nesse período receberão uma repreensão e deverão se adequar a ela dentro dos 15 dias”, alertou o técnico da agência.
Os agentes, enquanto isso, continuarão a vistoria nos veículos e a orientação sobre a instalação correta dos três tipos de cadeirinha previstos na lei. A Agetrat ainda mantém uma equipe em sua sede para prestar informações sobre a resolução do Contran. O uso do ‘bebê conforto’ não é muito comum em Corumbá, um dos motivos é a falta do equipamento no comércio.

Leia Também